Alimentação Complementar e Pele Amarelinha. É normal?

Acompanhando bebês em início de alimentação complementar (após o aleitamento exclusivo), é freqüente encontrar bebezinhos com o tom de pele bem amarelado. É comum também, encontrar as mamães sobremodo preocupadas com o fato. Por isso quero escrever um pouco sobre o assunto.

O primeiro aspecto importante, é diferenciar carotenemia de icterícia. Icterícia decorre de comprometimento do fígado, pode provocar lesões graves e por isso depende de cuidados médicos especializados. Ela nada tem a ver com a alimentação do bebê.

A carotenemia é uma ocorrência benigna, caracterizada pela concentração do beta-caroteno, no tecido subcutâneo, que deixa a pele do bebê, especialmente palma das mãos, bem amareladas.  Ela só acomete bebês que já comem comidinhas e há uma justificativa de simples compreensão para o fato: a dieta de bebês que estão começando a ser alimentados com papinhas é predominantemente composta por alimentos ricos em beta-caroteno, que é precursor da vitamina A, tão importante nesta fase da vida.

Quem já é mamãe sabe que os bebês  aceitam muito bem a cenoura, a abóbora, a barôa, o mamão, a laranja, o cará  e outros alimentos do grupo amarelo-laranja. Verdade ou não? Todos eles são alimentos-fonte de beta-caroteno.

Bebês que comem volumes maiores tendem a apresentar carotenemia mais facilmente do que aqueles que comem pequenos volumes. Nenhum problema nisso! Como já disse, é uma ocorrência benigna, que desaparece naturalmente, na medida em que o bebê varia mais a alimentação.

A seguir, veja uma matéria completa sobre o assunto. Leia também o post: Conhecendo a Vitamina A. 

Por Francine Barbosa

Nutricionista – Cuidar & Nutrir

 

Alimentação Complementar e Pele Amarelinha. É normal?


A pele pode ficar amarelada devido a algumas situações.
Deve haver preocupação quando isso ocorre devido a alguma alteração no fígado. Nesse caso, o que ocorre é que as bilirrubinas (composto existente no sangue), que devem ser eliminadas pela vesícula biliar no intestino, passando antes pelo fígado, têm dificuldade para serem eliminadas. As bilirrubinas então se depositam na pele, deixando-a amarelada.
Em casos mais avançados, a pele fica amarelo ouro (como um canário mesmo!) e a coceira pode ser intensa. Isso é chamado icterícia.

Diferenciando Icterícia de Carotenemia

Em crianças pequenas, sem histórico de alteração hepática e em alimentação complementar, o que costuma acontecer não é isso.

O mais comum é que a pele fique impregnada por um nutriente chamado beta-caroteno.
Para alguns autores, os níveis sanguíneos de betacaroteno podem ser considerados os melhores indicadores do consumo de frutas e hortaliças. Quem come mais alimentos vegetais, tem níveis sanguíneos mais elevados.
Algumas pessoas, especialmente vegetarianos, às vezes reclamam que a pele está mais amarelada, muitas vezes até na palma das mãos.

 

Como faço para saber se meu filho está amarelo por causa de icterícia ou por ingestão elevada de betacaroteno?

Esse diagnóstico é muito simples.
O beta-caroteno não deixa o branco dos olhos amarelo.
As bilirrubinas deixam o branco dos olhos impregnados, portanto amarelos.
Há exames de sangue que podem ser feitos, como a dosagem de bilirrubinas e de betacaroteno, que não deixam dúvidas sobre o responsável pela coloração amarelada da pele. Geralmente essa dosagem não é necessária para fazer essa distinção.  

Por que a pele fica amarelada?

Isso ocorre pois o beta-caroteno é uma vitamina solúvel em gordura (lipossolúvel). Assim, ela se deposita nas gorduras. Como sob a nossa pele há gordura, pode ficar visível a sua coloração quando em quantidade elevada.
Nas palmas das mãos, isso pode ficar bem evidente.

 

Há riscos em ingerir beta-caroteno a ponto de ficar com a pele amarelada?

Os carotenóides, como o beta-caroteno, ingeridos em altas doses são considerados seguros, pois não estão associados a efeitos nocivos ao organismo.
Quando os estoques de Vitamina A (Retinol) do organismo estão repletos, a conversão do beta-caroteno em Vitamina A é diminuída.
A coloração amarelada da pele ocorre, mas isso não é considerado perigoso à saúde.
O consumo elevado betacaroteno, apenas deixa a pele amarelada. A questão aqui é apenas estética, e não traz prejuízo algum ao organismo.

Há problema em ingerir vitamina A em excesso? (vitamina A é diferente de beta-caroteno)

Excesso de ingestão de vitamina A (hipervitaminose A), proveniente de fontes animais (principalmente fígado) ou de suplementos, pode ser nociva.
São 4 os principais problemas que a hipervitaminose A pode ocasionar: defeitos no desenvolvimento fetal, anormalidades no funcionamento do fígado, redução da densidade mineral óssea (resultando em osteoporose) e desordens no sistema nervoso central.
Os sintomas de toxicidade podem aparecer após curtos períodos de tempo de ingestão excessiva, se manifestando com náuseas, vômitos, dor de cabeça, tontura, alterações na visão e falta de coordenação muscular.
Há derivados da vitamina A (retinóides) utilizados em dermatologia, para o tratamento da acne, psoríase e outras desordens da pele. A Isotretinoína (Roccutane® ou Accutane®) são exemplos, podendo causar sérias conseqüências ao fígado e especialmente ao feto (caso a mulher esteja ou fique grávida) durante o tratamento, devendo, por isso, ser acompanhada de perto pelo seu médico.

 Dr. Eric Slywitch

 

Compartilhe este texto com alguém via:

E-mail Del.icio.us Digg Reddit Technorati Assine o nosso RSS Feed

13Comentarios

  1. suelem cardoso Says:

    ola minha nenem tem 9 meses e esta com a pele amareladas no nariz nas maos na nuca estou muito preocupada sera q pode ser beta-caroteno porfavo mim ajudem!!!!!!

  2. Francine Says:

    Olá Suelem!
    Resposta enviada ao seu email.

  3. Tatiane Says:

    Gostaria de saber o que acontece com meu filho de 4 anos , que quase não se alimenta direito, mesmo eu encentivando, fazendo comidas diferentes , se ele almoça não janta e já vai fazer 1 ano que não come mais feijão. Ele está , com uma cor amarelada , palmas das mãos e pés amarelados parecendo ferrugem , a 2 meses atras ele foi no pediatra ,ela disse que é normal , mais acho que não é, ela não passou exame nenhum. Estou ficando desesperada porque em outubro do ano passado ele ficou 2 meses sem se alimentar e sem tomar liquidos , fez varios exames de sangue e os médicos não descobriram nada , até liquido da coluna ele tirou porque estavam suspeitando que ele tivessem com meningite.

  4. Francine Says:

    Olá Tatiane!
    Obrigada pela visita em nosso site!
    Crianças que apresentam seletividade ou recusa alimentar deixam as mamães de cabelos em pé mesmo. Não é para menos: sabemos da importância da alimentação equilibrada para um desenvolvimento pleno durante a infância.
    A carotenemia é mais comum em bebês, na faixa de 6 a 10 meses de idade, quando é comum o consumo aumentado de alimentos fontes de betacaroteno (alimentos de cor amarelo-laranja). Crianças maiores ou adultos também podem desenvolver carotenemia, caso a alimentação, concentre grande aporte dos alimentos-fonte. A coloração da pele também pode ser afetada por outras ocorrências, que não se relacionam com a ingestão acentuada de caroteno, por isso deve ser bem avaliada.
    Somente o médico pediatra poderá fazer a avaliação da criança, e solicitar exames, caso sejam necessários. A avaliação deve ser presencial. Agende uma nova consulta com o médico da criança.
    Meu abraço!
    Francine Barbosa

  5. Ana Queila Says:

    Olá!
    Tenho um bebe de 1 aninho e estou muito preocupada, pois ele esta om a pele muito amarelada, nao sei mas o q fazer, o que devo dar a ele..Desde já muito obrigada.

  6. Francine Says:

    Olá Queila!
    Qualquer alteração no estado geral da criança deve ser comunicada e avaliada pelo pediatra dela. Os textos disponibilizados não servem apra diagnóstico e nem substituem a consulta médica. Agende uma consulta para o seu bebê e leve-o ao médico para avaliação personalizada.
    Nosso abraço!
    Francine Barbosa

  7. emilly Says:

    Boa noite li esta matéria e achei muito interessante,bom eu tenho 18 anos e estou com um problema,
    estou com as mãos e pés amarelados ..Bom já diminui os alimentos compostos com beta caroteno..
    E continua a mesma coisa…
    Bom pesso sua ajuda a me indincar algum composto para recuperar a coloração natural da mão e Pé..
    obrigada fico no aguardo

  8. Francine Says:

    Olá Emily!
    As matérias não servem para diagnóstico de saúde e não susbtituem a avaliação, que deve ser feita por seu médico.
    Assim, não podemos sugerir o uso de qualquer produto ou recomendar tratamento, através deste canal.
    Obrigada pela visita.
    Nosso abraço!
    Francine Barbosa

  9. Fernanda Says:

    Olá, meu bebe tem 9 meses e tbm tem o narizinho no tom laranjadinho, eu costumo dar abóbora e cenoura umas duas vezes na semama, já o mamão dou todos os dias, fui ao pediatra e ela pediu para suspender esses alimentos por 6 meses, ele adora esses alimentos, estava preocupada, será que realmente preciso suspender? o betacaroteno de origem animal, ou seja ele come uma vez na semana, figado de boi ou galinha, então acho que a cor dele é devido aos alimentos citados à cima, pode me esclarecer?
    No aguardo

  10. Francine Says:

    Olá Fernanda!
    As matérias publicadas têm caráter informativo, mas não substituem a avaliação personalizada, que deve ser realizada pelo pediatra da criança.
    Recomendamos acatar a conduta do seu médico.
    Obrigada pela visita!
    Abraços!!
    Francine Barbosa

  11. Francine Says:

    Andressa,
    Obrigada pela visita em nosso site.
    Abraço!
    Francine

  12. Francine Says:

    Resposta enviada ao seu email.
    Obrigada pela visita!

  13. marcilene Says:

    minha filha tem 9 meses e 19 dias, percebi q ela estava c/o nariz as mãos e os pés bem amarelinhos e logo depois o corpo todo ficou amarelo-laranja. A levei ao pedriatra e a médica qndo a viu foi logo dizendo q a amarelidão foi provocada por betacaroteno, mas q eu não precisava me preocupar q não tem perigo. Ela meorientou a tirar do cardápio cenoura, abóbora, laranja e outros alimentos ricos em betacaroteno, porém não me dissem qndo a ele da minha filha voltará ao normal. Vocês saberiam me dizer? Desde já agradeço.

Deixe seu comentario